Alimentos que favorecem ou não o processo após a remoção de tatuagem com laser

Conheça os alimentos que ajudam o sistema imunológico na remoção de tatuagem com laser

Quem passa pelo procedimento de remoção de tatuagem com laser tem que se preocupar com diversos cuidados essenciais para evitar infecções e outras intercorrências. Dentre eles, a alimentação é um dos principais cuidados para auxiliar no processo de cicatrização e obter os resultados finais desejados.

Existem alimentos que ajudam ou que atrapalham o nosso sistema imunológico no processo de cicatrização. Após a pele ser lesionada, naturalmente, como quando machucamos, ou intencionalmente, como acontece ao fazer uma remoção de tatuagem com laser, o corpo trabalha para que tudo volte ao normal.

Este processo é chamado de cicatrização, onde o organismo humano atua a fim de recuperar as células da região lesada. O processo de cicatrização se dá através de algumas etapas:

  • Inflamatória: nessa fase inicial acontece a coagulação e migração celular;
  • Proliferação: neste período ocorre o desenvolvimento das células epiteliais e fibroblastos;
  • Remodelação: esta é a fase final da cicatrização, chamada de maturação, onde há a estabilização da síntese e degradação do colágeno.
Imagem ilustrando as fases da cicatrização da pele
Fonte: https://blog.medcel.com.br/post/fases-da-cicatrizacao

Fases de cicatrização da pele após o procedimento de remoção de tatuagem com laser

No primeiro momento, logo após a finalização da sessão de remoção de tatuagem com laser, a pele está lesionada devido à agressão do laser, mesmo sendo um procedimento não-invasivo. A região começará a liberar parte do calor que foi recebido através do laser, mantendo-se uma sensação quente na pele por cerca de 30 minutos após.

É comum, também, que nos primeiros dias haja um leve desconforto na região tratada, já que a pele estará mais sensível. Poderá aparecer vermelhidão ou rubor na pele, em resposta à ação do laser para remover tatuagem. Por isso, é importante proteger devidamente o local de impactos externos.

De acordo com as características da tatuagem, é comum aparecer pequenas bolhas, que serão naturalmente drenadas pelo organismo. Surgindo, então casquinhas ou crostas no local tatuado. É extremamente importante para o processo de cicatrização não estourar as bolhas e nem remover as crostas, além de não coçar a região. Não seguir essas recomendações poderá criar marcas na pele, que ficarão visíveis após finalizado o tratamento de remoção a laser.

Manter a higienização do local com água e sabão neutro, sem esfregar ou pressionar, e secar delicadamente com papel ou toalha limpa favorecerá o correto processo de cicatrização. Após, utilize uma pomada com efeito cicatrizante e hidratante.

A medida que o processo de cicatrização ocorre, à pele irá retomando ao seu estado normal. Cada pessoa terá um tempo de cura de acordo com a reação do seu organismo, mas geralmente, cerca de 2 ou 3 semanas após a sessão de remoção de tatuagem com laser a pele já está regenerada.

Alimentos não recomendados no processo de remoção de tatuagem com laser

Existem alimentos que não devem ser consumidos durante o tratamento de remoção de tatuagem com laser, os chamados alimentos remosos. Estes são aqueles que prejudicam o organismo no processo de cicatrização, já que podem facilitar o aparecimento de uma inflamação ou piorar um processo inflamatório já iniciado.

Após uma sessão de laser para remover tatuagem, é comum o organismo iniciar um processo inflamatório leve, a fim de promover a cicatrização do local e eliminação do pigmento. Mas, se essa inflamação desencadeada for duradoura ou mais grave que o habitual, a cicatrização irá demorar mais tempo e poderá atrasar o tratamento. Daí vem a recomendação para evitar alimentos remosos, que são aqueles ricos em gorduras hidrogenadas, açúcar, sal e óleos refinados.

Listamos alguns dos alimentos que possuem essas substâncias na sua composição e, portanto, devem ser evitados durante o tratamento para remoção de tatuagem com laser, principalmente na primeira semana após cada sessão:

  • Camarão, carne de porco, linguiça, bacon e frutos do mar;
  • Fast-food e frituras, como hambúrguer, batata frita e pastel;
  • Processados, como salame, presunto, salsicha e mortadela;
  • Ultra processados, como macarrão instantâneo e alimentos prontos congelados;
  • Doces, chocolates, bolos, biscoitos recheados, barra de cereal e sorvete;
  • Refrigerantes, sucos ricos em açúcar e bebidas alcoólicas.

Alimentos que ajudam no processo de remoção de tatuagem

Da mesma forma que não é recomendado o consumo dos alimentos que contribuem para o processo inflamatório, existem aqueles que fazem justamente o oposto: ajudam o sistema imunológico após a remoção de tatuagem com laser.

Esse auxílio está na redução da ação inflamatória, além de favorecer na coagulação sanguínea, evitando hemorragias e aliviando possíveis inchaços. Alimentos que irão acelerar a recuperação da pele são as vitaminas A; C; E; anti-inflamatórios e antioxidantes.

  • Carnes, ovos, cereais integrais, leguminosas e oleaginosas, são fontes de proteínas e aminoácidos essenciais para o restabelecimento do tecido lesionado. Além de suplementos de colágeno hidrolisado, que também cumprem essa função.
  • A vitamina C, encontrada nas frutas cítricas, acerola, mamão, morango, kiwi, amora, brócolis, pimentão, agrião, couve e nabo, são importantes para o sistema imunológico e a síntese de colágeno.
  • Abóbora, batata, cenoura, beterraba e frutas amarelas são fontes de vitamina A, fundamentais para a saúde da pele e defesas do organismo.
  • A vitamina E protege a membrana celular, reduzindo os danos causados por agressões na pele, além de ser um importante oxidante. Está presente em óleos vegetais, castanhas e abacate.
  • O zinco, encontrado em frutos do mar, peixes, carnes, feijões e castanhas, atua na produção natural de colágeno e fortalece o sistema imunológico.
  • – Importantes para o fortalecimento do sistema imunológico, a suplementação dos aminoácidos de glutamina e a arginina aceleram o processo de cicatrização.
  • O selênio, encontrado nas castanhas, especialmente a Castanha-do-Pará, protegem as células de danos oxidativos, por ser um excelente antioxidante.
  • Outros alimentos que possuem função anti-inflamatória e antioxidantes, sendo uma ótima indicação para otimizar o processo de cicatrização da pele, são: salmão, sardinha, atum, sementes de chia, sementes de linhaça e nozes.

Consumo de água mantém o bom funcionamento do organismo

Além de manter uma dieta equilibrada e rica em nutrientes, é muito importante manter-se hidratado. O consumo adequado de água, contribui para a hidratação da pele, elimina as impurezas do organismo, garante a elasticidade da pele e, consequentemente, para os bons resultados após as sessões de remoção de tatuagem com laser.

Estima-se que um adulto deve ingerir cerca de dois a dois litros e meio por dia. Essa é a quantidade ideal para manter o organismo hidratado.

Cuidados essenciais para a recuperação total da pele

Como vimos, o processo de recuperação da pele lesionada após sessões de laser para remover tatuagens requer cuidados especiais, sendo a alimentação um dos principais.

Além de consumir os alimentos que favorecem o processo de cicatrização, é importante fazer a assepsia correta da área tratada, lavando com sabonete antisséptico e secando delicadamente. Em seguida aplicar creme cicatrizante.

Evitar tomar sol no local da área tratada é necessário e primordial. Caso não seja possível, proteger com o uso do protetor solar.

Está pensando em realizar o procedimento? Localize um dos nossos parceiros na sua região e tenha certeza que fará o tratamento com o melhor e mais seguro equipamento de laser para remoção de tatuagem, o Inkie Laser.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Atendimento Online