Mulher deitada com a máscara de carvão na face se submetendo ao procedimento de rejuvenescimento facial black peel

Black peel: tudo sobre o protocolo de rejuvenescimento facial queridinho do momento

O Black Peel se tornou o procedimento de rejuvenescimento facial queridinho do momento. Afinal, seus benefícios são muitos por promover uma renovação das células da pele e estimular o colágeno na região de tratamento. E o melhor: sem causar descamação, como geralmente acontece nos peelings tradicionais.

Quer saber tudo sobre esse tratamento? Vem que vamos te contar!

O que é peeling e para que serve?

Peeling é um procedimento eficaz e seguro muito procurado na área de medicina estética, que tem como objetivo fazer a renovação celular e estimular o colágeno, promovendo a regeneração da pele.

Existem vários tipos de peelings, que podem ser muito superficiais, superficiais, médios e profundos. Quanto mais profunda é a ação de um peeling, mais rápidos os resultados surgirão, porém, em contrapartida, os desconfortos e riscos dos procedimentos também aumentam.

Como os tipos de peeling são diversos, as suas indicações também variam. Para cada procedimento, é preciso levar em consideração a idade, o tipo, o local a ser tratado, o grau necessário para rejuvenescimento facial, além dos objetivos desejados pelo cliente.

Deve-se levar em conta, também que cada paciente é único e, sendo assim, o tratamento deve variar respeitando as particularidades de cada cliente.

Um tratamento semelhante ao peeling e que está bastante em alta para renovação celular é o Black Peel, também conhecido como Hollywood Pell, peeling de carbono. Vamos entender melhor sobre ele?

O que é e o que faz o Black Peel?

De acordo com a dermatologista Cláudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, o Black Peel é um procedimento de rejuvenescimento facial, que a curto prazo tem um resultado imediato de viço, dando um aspecto radiante na pele, em uma textura macia.

Já a médio e longo prazo, o peeling de carvão ativado Black Peel contribui para uma pele com linhas mais finas, sem manchas, menos porosas e com aspecto bem mais saudável.

Isso é possível devido à combinação da ação entre a mascara de carvão ativado e o laser. Mas aí você pode estar se perguntando: mas qual laser faz o Black Peel? Então, o que normalmente é utilizado é o ND-YAG e/ou Q-Switched.

Como é feito o Black Peel?

O primeiro passo é a aplicação da máscara de carvão ativo na pele do cliente/paciente, na qual deve se manter por cerca de 10 minutos. Esta máscara ou pasta de carbono contém minerais extraídos da rocha vulcânica em conjunto com o extrato vegetal.

Logo após esse processo, usa-se a aplicação do laser black peel, que tem a sua ação potencializada, isto é, têm o poder de penetração na pele aumentada, pela máscara, dando à pele o rejuvenescimento facial tão procurado pelo público alvo.

Para os pacientes que sofrem com a acne, o black peel tem uma atuação nas glândulas sebáceas, que ao aumentar a penetração do laser, faz a redução da atividade glandular, dando um aspecto mais saudável, liso e limpo na pele.

Após a ação conjunta da máscara de carvão ativo e do laser, é o momento de retirar completamente a máscara, mantendo a pele lisa, luminosa e radiante, resultado este que é visto imediatamente após a primeira aplicação.

Quais os benefícios e para o que o peeling de carbono funciona?

Os principais benefícios deste procedimento do peeling black peel já foram citados acima, mas ainda é possível apontar outros benefícios importantes, conforme listados abaixo:

  • Ativação de colágeno;
  • Clareamento da pele, amenizando manchas e algumas linhas finas de expressão;
  • Promove o fechamento dos poros;
  • Controla a oleosidade e atua diretamente nos cravos e pontinhos negros;
  • A esfoliação presente no procedimento dá aquele upgrade na renovação da pele.

Qual a frequência em que as sessões de Black Peel devem ser feitas?

Especificar o tempo do tratamento ou a quantidade de sessões a serem feitas do tratamento black peel, depende da evolução orgânica do paciente, onde o profissional juntamente com o cliente, vão observar e determinar a frequência.

No entanto, podemos citar, que no geral, o tempo entre as sessões pode chegar a 15 dias entre as aplicações.

Existem contraindicações para a Black Peel?

Assim como a maioria dos procedimentos estéticos, algumas contraindicações no Black Peel devem ser observadas, onde abaixo citamos quem não pode fazer o procedimento.

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Pessoas com sensibilidade na pele;
  • Pacientes com feridas na pele;
  • Pessoas com processos inflamatórios agudos ou infecções locais.

Quem tem botox pode fazer?

Essa é uma pergunta muito comum nos consultórios. E a resposta é sim, quem tem botox pode fazer. Mas tomando o cuidado de só se submeter à sessão de back peel laser após a pele da região estar totalmente íntegra, sem inchaço, vermelhidão e rouxidão, sinais que são comuns de surgirem após a aplicação do botox.

Qual valor de uma sessão?

Essa também é uma dúvida muito comum. Mas a precificação do tratamento de Black Peel depende de muitos fatores, como região, tipo de clínica, perfil do profissional responsável pelo procedimento, etc. Mas uma média que podemos falar é cerca de R$400,00 a sessão.

Quais as ferramentas usadas para fazer Black Peel?

A principal ferramenta que pode ser usada para fazer o Black Peel e deixar a pele com aquele aspecto de rejuvenescimento facial que todo mundo procura, é através de equipamentos de laser que utilizam alta tecnologia estética, como o Inkie Laser.

Este é um equipamento com o qual os resultados são muito satisfatórios, e que, apesar de ser compacto, é muito potente, sendo uma ferramenta maravilhosa para os profissionais e clínicas de ponta. Além de realizar com eficiência o Black Peel, ele também é a solução definitiva para remoção de tatuagem e lesões pigmentadas.

Ele possui um aplicador com comprimento de onda de 1064nm e spot de 7mm, específico para realização do tratamento de Black Peel, além de ter também outros dois comprimentos de onda (532 e 1064nm) para serem utilizados em tratamentos para remoção de tatuagem e micropigmentação.

O Inkie Laser, além de todos os benefícios já citados, ainda tem como diferencial os dados abaixo:

  1. Registro da Anvisa, assegurando a segurança do equipamento;
  2. Maior eficácia em uma potência de 2400 mJ;
  3. Fabricação nacional;
  4. Manutenção fácil e de baixo custo;
  5. 01 ano de garantia;
  6. Já vem com 8 protocolos pré definidos;
  7. Inclui case de transporte.

Agora que você entendeu mais a fundo tudo isso, ficou bem mais fácil compreender por que o Black Peel se tornou o protocolo de rejuvenescimento facial mais querido dos últimos tempos né?

Quer saber como oferecer esse tratamento aí na sua clínica? Entre em contato com a nossa equipe!

18 comentários em “Black peel: tudo sobre o protocolo de rejuvenescimento facial queridinho do momento”

    1. Bom dia, tudo bem? Recomendamos que seja feita uma avaliação individualizada com um profissional, mas de forma geral não recomendamos a realização do Black Peel em quem tem rosácea.

        1. Boa tarde Neusa, tudo bem? Esse treinamento inicial é oferecido apenas para quem adquire um aparelho conosco. Caso queira informações de outros cursos, preencha o nosso formulário e entre em contato com a nossa equipe.

        2. Para realização do Black Peel, a máscara deve ser de carvão ativado. Existem diversas marcas no mercado, você pode optar pela que achar melhor. Só não recomendamos que seja manipulada.

  1. Ellen Neves

    Oi gostaria de saber qual tipo de carbono Black que compramos para fazer o Hollywood pell e onde comprar ? Eu não estou achando.

    1. Para realização do Black peel, a máscara deve ser de carvão ativado. Existem diversas marcas no mercado, você pode optar pela que achar melhor. Só não recomendamos que seja manipulada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento Online